Destaques
A mulher assegura o emprego mais tempo que há 30 anos atrás
Na verdade, um estudo recente revelou que a mulher de hoje consegue assegurar o seu emprego durante mais tempo em comparação de há 30 anos atrás. A flexibilid . «Ler mais»

Trabalhar em openspace é uma fonte de distração
Um novo estudo revela que apenas 1 em cada 4 trabalhadores trabalha num ambiente de trabalho ideal. Ambientes de trabalho em openspace são cada vez mais popular . «Ler mais»

Redes Sociais
Publicidade
Artigos Populares
Não questionar poderá ser bom para o negócio?
Efetivamente, quando os funcionários estão de acordo sobre uma determinada decisão e não a questionam, a produtividade aumenta. Deste modo, por vezes a ignorânc . «Ler mais»

O que significa afinal a palavra "dívida" ?
Há varias formas de divida, empréstimos automóveis e hipotecas são conhecidas, como dividas “dividas garantidas”, porque existe um bem recuperável associado à d . «Ler mais»

Como se manter protegido dos hackers

Embora hoje em dia, estejamos todos cada vez mais informados e conscientes dos riscos online, devemos elevar a fasquia e precavermo-nos de ataques dos cibercriminosos. Neste momento, temos que estar de olho bem aberto e ser mais desconfiados, pois a nossa ingenuidade torna-nos num alvo fácil para uma possivel armada de hackers, que consequentemente estão tão preocupados em roubar toda a nossa informação como nós estamos relaxados a armazená-la.

Efetivamente, com o avanço da tecnologia também aumentaram as formas de ataques online, sendo que estes estão mais persuasivos que nunca. Hoje os oportunistas utilizam jogados como o phishing (e-mails que evidenciam ser de fontes legitimas, fazendo-nos levar a clicar em links infetados) para conseguirem extrair as nossas informações pessoais.

De modo a prevenir tais ataques, siga estes pequenos mas importantes conselhos:

Nunca clique num link que não espera receber. A principal forma que os hackers têm, com vista a atacar o nosso computador é atraindo os usuários a clicarem num link ou abrindo um anexo. Por vezes, conseguimos detetar estes links ou até mesmo anexos, porque de facto alguns deles vêm com alguns erros ortográficos e gramaticais tornando-os fácil de detetar. No entanto, ataques direcionados de e-mails em massa podem ser quase indistinguíveis.

Use senhas diferentes para sites diferentes. Para além de ser um valente risco ter todas as contas online com a mesma senha, é igualmente um risco colocar qualquer senha, com uma palavra encontrável no dicionário. O aconselhável é colocar senhas que tenham um nexo para si, mas que para outras pessoas não faça qualquer sentido.

Use sempre mas sempre um software de antivírus. Os fabricantes dos softwares de antivírus, estão constantemente ligados e informados sobre novas formas de malware e deste modo possibilitam uma fácil deteção de uma grande parte dos vírus, ainda que por vezes com um tempo de reação lento. Ainda assim esta é uma das mais valiosas ajudas que podemos possuir, prevenindo os cibercrimes.

Em caso de dúvida, não aceite ou bloqueie. Basta dizer não a alguns convites de conexões em redes sociais, de pessoas que você não conhece. Aceitando uma nova conexão a uma pessoa que não conhece, hoje em dia é como convidar essa mesma pessoa a sentar-se ao nosso lado no banco do autocarro. Uma vez que as redes sociais guardam tanta informação pessoal, pense bem antes de compartilhar qualquer informação e veja com quem está a compartilhar.

Ignore Pop-ups. Os pop-ups podem conter software malicioso, podendo induzir o utilizador a verificar alguma coisa. Basta clicar num “confirmar” e poderá comprometer o seu computador, poderá ser executada uma transferência em segundo plano, uma técnica conhecida por drive-by download. Ignore pop-ups oferecendo qualquer tipo de serviço.

Lembre-se que quem está do outro lado também é um humano. Embora as dicas dadas acima o possam prevenir de passíveis ataques, nada impede que você caia em novas técnicas com o fim de o enganarem. O que conta é realmente a capacidade de um ser humano enganar outro, sendo estas pessoas uns verdadeiros predadores da nossa ingenuidade, aproveitando a nossa confiança. Consequentemente, o erro humano é a razão pela qual na maioria das vezes somos hackeados.

Facebook
Blog | Chora agora | Sobre | Contato | Politica de Privacidade
Copyright © 2013 www.mundoaroundus.com